Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

14/01/2022

Diário de um sedentário EP 15. Meu primeiro contato com a corrida em meio a natureza

Bom dia, boa tarde e boa noite!

 

Esse final de semana (8 e 9/1/2022) foi novamente dia de correr no interior. Em meio a uma visita a família e uma viagem de 540 km lá estava eu de novo, com ar puro na cara, e sol em meio a tanta chuva em Sampa.

 

Como já é de costume todos os domingos, acordei cedo (coisa impensada até pouco tempo atrás), e fiz o meu ritual de sempre: troco de roupa, penso em desistir, sento, repenso, penso em desistir de novo, e aí calço os tênis e vou, porque a terceira vez pode ser que desista de verdade. (risos)

 

Mas indo direto ao que interessa, a corrida, eu aproveitei todo o conhecimento que tenho da cidade, por ter sido morador por pouco mais de 20 anos, e fui atrás de pontos que eu sabia que poderia ter contato com a natureza, afinal o amigo @wanderson_trail (instagram) sempre me dizia quando via meus treinos: "Ainda quero te ver em uma trilha", e aí pensei, qual oportunidade melhor que esta eu terei? Ar puro, conhecimento da cidade e do terreno, ou é agora, ou é agora, não tem outra opção.

 

Comecei pelo asfalto e fui correndo até o lugar que eu tinha pensando em correr. Do início até esse lugar são pouco mais de 3 km. Foi bom para aquecer; a corrida em uma estrada férrea antiga não durou mais do que 4 km, mas foi o suficiente para aumentar ainda mais o meu respeito por corredores de trail, porque eu vou te falar, como cansa correr no mato! Meu Deus!

 

Depois dessa pequena aventura, fui dar uma corrida em um rio canalizado na cidade. Antes era muito sujo (em alguns trechos ainda é), mas ali perto da casa da minha tia ele é canalizado, e dá pra correr por dentro. Achei isso o máximo, mas como todo maluco, eu pulei em um lugar que não dava pra entrar e, com todo mundo na rua me olhando, fui até achar um ponto de saída.

 

Confesso que, apesar de uma experiência bem curtinha e de pouca rodagem, eu me senti muito bem, foi uma experiência bem agradável, com barulho de vento, o som da sua própria pisada no chão, o monte de carrapicho colado nas meias e no tênis, os pés na água refrescando uma parte do corpo… O uso de um tênis e uma meia adequada é ideal, usei um ride 8, que é bem respirável, e meias lupo, que recomendo para todos.

 

Posso dizer, eu amei a experiência, sei que foi uma corrida em terreno plano, sem elevação ou descidas, mas para o primeiro contato já posso dizer que é apaixonante estar em contato com a natureza.

 

Continua….