Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

07/10/2021

Diário de um sedentário EP 06: Retomando os treinos

Bom dia, tarde e noite pessoal!

 

Retomando de onde paramos na última semana, onde eu não treinei, não me esforcei, e muito menos tive vontade, esta semana já foi diferente!

 

Comecei a semana bem, e pensando: “Hora de correr atrás de recuperar o que eu deixei se perder na última semana, que é a vontade!”

 

Logo no domingo parti para o treino e fui. O começo foi bem complicado, até para uma subida caminhando parecia o maior sacrifício do mundo, pois foi uma semana difícil, com algumas dores e coisas do tipo.

 

Caminhei quase 1 km, que é uma subida da minha casa até uma avenida que tem subidas e descidas, mas nada que assuste. Resolvi começar a trotar de leve, corridas de perna presa, como dizemos no futebol, mas lá fui eu!

 

Para minha surpresa, tive um bom desempenho, não em tempo ou estas coisas que todo corredor gosta de medir, mas sim de resistência, afinal, eu quero minha primeira corrida sim, mas sou aquela pessoa que, primeiro de tudo, quer movimentar o corpo, tirar ele dessa inércia que a pandemia nos colocou.

 

Foram quase 2h de treino entre corrida, caminhada mais leve e alguns trotes mais rápidos e, pela primeira vez, eu ultrapassei a barreira de "passei mais tempo correndo que andando", e isso para mim é uma vitória, afinal, foi mais de um ano de completa estagnação.

 

Voltei para casa, contente, afinal, para mim é um feito, e lá fui eu na semana testar de novo, descansei um dia, e no outro, às 5h já estava de pé para correr antes do trabalho, e, para minha surpresa ainda maior, passei 80% do tempo correndo, e pouco caminhei. Posso dizer que esses momentos de caminhada foram para atravessar ruas, esperar semáforos fecharem e algo do tipo, mas aí veio a lembrança de quem não está acostumado, uma dor muito chata na parte de trás do joelho. Passei pomada, fiz os cuidados que podia, e levantei para correr dois dias depois, mas ainda sinto as dores, e como é um joelho que já tive rompimento de ligamentos, resolvi não abusar e não fui correr.

No final de semana vamos tentar novamente, as dores diminuíram ao ponto de "vamos tentar novamente".

 

Coloquei na minha cabeça que, como meta, até o final deste ano de 2021 eu vou correr pelo menos uma prova de 7km, vou testar a menorzinha, pois pode ser que correr seja um hobbie, e que eu não tenha vontade de competir, mas pode ser que eu pegue gosto pela competição, o que é mais provável, e aí vou escalando para as mais longas.

 

Bem pessoal, na semana que vem eu espero poder falar para vocês que estou mais surpreso ainda, e que aquilo que eu achava que não era possível talvez já seja algo perto da realidade.

 

Continua...