Pular Navegação (s)
03/01/2023

5 Maratonas para se fazer no Brasil

 

5 Maratonas para se fazer no Brasil

Depois da matéria 5 provas Trail para fazer no Brasil resolvi compartilhar nesta matéria as 5 Maratonas para se fazer no Brasil. 
Com certeza já ouviu falar delas, mas vou colocar no meu olhar e os desafios de cada uma. Vamos lá! 
Lembrem-se que para análise eu vou levar em consideração alguns critérios: 
✓ Nível de desafio (altimetria)
✓ Organização da prova (nível do kit, percurso, sinalização e estrutura)
✓ Hotelaria 
✓ Turismo (atrações e gastronomia)

 

CURITIBA

Em destaque começo com o que foi minha primeira Maratona na vida, lá em 2016.

 

A Maratona de Curitiba é marcada por uma esfera incrível de corredores veteranos e conhecida por suas temidas subidas.
A prova geralmente ocorre em novembro e tem patrocínio da cidade, o que faz com que tenha uma boa estrutura.
No ano em que fiz foi no dia da Proclamação da República, o que rendeu ainda as comemorações pela cidade e a abertura da prova com banda oficial do exército. Muito legal pois contagia para largada.
A prova tem longas subidas e você tem de ter sabedoria em dosar neste ponto para ter pernas para decida e constância até o final.
Como primeira prova eu fui bem prudente e fiz a "lição de casa" direitinho, o que me rendeu terminar a prova inteiro e com um tempo de 3:00:02. Sim, por 2 SEGUNDOS eu não fui sub-três em minha primeira Maratona. 😅😅
O kit das Maratonas geralmente são sem muitas novidades: camiseta, sacolinha personalizada... Na Maratona de Curitiba teve camiseta de ótima qualidade e bom gosto, viseira, sacochila e meia. Um bom kit.
A prova conta com o básico durante o percurso; água e gatorade, tendo o tradicional ponto 35K feito por entusiastas do esporte, com Coca-Cola, jujubas, amendoins e mais alguns belisquetes bacanas.
A cidade se envolve bem na prova e faz uma festa nas ruas. Na chegada há muitos entusiastas com cartazes e aplausos, trazendo uma euforia que me fez chorar muito, motivo que tive de reduzir o pace, então não fiquei nada triste com estes 2 segundos. Rsrs
Bem, hotelaria de Curitiba dispensa comentários, e eu gosto bastante de me hospedar próximo ao Hard Rock Café pois já é um dos pontos turísticos que indico.
Além disto a cidade tem atrações aos montes. Claro que requer prudência para quem vai correr uma maratona um dia depois, mas é impossível resistir.
Existe um passeio com um bus tour circular e você pode descer nos pontos turísticos e pegar o próximo. Este passa pelos bairros históricos da região e pelo museu de ópera de arame, Jardim Botânico.. a arquitetura da cidade é genial, mostrando porque é indicada como uma das cidades modelo para se viver no Brasil.

 

FLORIANÓPOLIS

Vamos continuar na região Sul do Brasil e nada poderia ser melhor do que a segunda prova na Ilha da Magia.
A prova ocorre meio que à parte de tudo na cidade e poucos sabem o que está rolando, então não se empolgue em ter apoio durante o percurso.
No ano em que fiz haviam as distâncias de 10, 21 e revezamento, então por boa parte do percurso tinha o apoio desta galera boa pelo caminho.
O kit vinha na ocasião com boa camiseta, sacola de praia personalizada e, se tinha algo mais, desculpem não me lembrar.
O percurso é quase que totalmente plaino e geralmente temperaturas frias, o que te dá total consistência para fazer um bom tempo, desde que você cumpra o que treinou para a prova (não foi o meu caso).
Bem, fica até difícil dizer algo sobre hotelaria e turismo em Florianópolis, um dos principais destinos do Brasil, mas se posso lhe dar algumas dicas, são:
1 Se hospede com antecedência e próximo a largada
2 Se possível, alugue um carro. Motivo na 3° dica:
3 Visite as praias mais afastadas. Você vai gostar e entender o porquê
4 Visite o calçadão e as belezas da noite do Sul da Ilha.

 

PORTO ALEGRE

Chegamos ao último estado do país e agora com muuuito frio. 🥶🥶
A prova ocorre em pleno inverno de junho, então prepare-se para baixas temperaturas e reze para não chover no dia.
O kit de todos é o mais básico. Que me recordo, era camiseta, sacochila e só.
A largada é em baia estreita e o começo passa por ruas apertadas, então tente sair um pouco a frente se quiser fazer tempo e não se desespere nos primeiros Kms. Aproveite para sentir o "pulsar" da prova e encaixar o ritmo ideal.
A prova também tem poucas subidas e é ideal para bons tempos.
A cidade se envolve totalmente com a prova e você vai ter muito incentivo pelo caminho e a energia é incrível.
Porto Alegre também se destaca por muitas opções de hotéis e sua gastronomia diferenciada, que agrada a "gregos e troianos" (ou seria onívoros e veganos?).
Fato é que você vai encontrar de tudo, tudo mesmo. Belas e requintadas churrascarias, opções veganas e vegetarianas, cervejarias são o charme da noite dos gaúchos.
Para visitar recomendo o por do sol do rio Guaiba; que espetáculo.

 

MANAUS

Pulamos do nosso extremo Sul para o extremo norte do país.
E porque não dizer, dos 5 para os 40 graus. 🥵
Manaus é quente, mas quente de nunca existir inverno.
Há de se dispensar comentários das belezas desta região, mas, "por amor ao debate" (no bom juridiquez), vamos lá.
Prepare-se para correr em temperaturas extremas e encarar um grande desafio.
Diferente das demais provas que são para quem busca tempo e índice para Boston, Manaus é prova para fazer e se encantar.
A largada é ainda de madrugada, 4 da manhã, o que lhe dará a oportunidade de ver um dos amanheceres mais esplendorosos que já viu na vida.
A prova corta todos os pontos turísticos da cidade: O centro histórico, com belas construções antigas, o Porto de Manaus,  as belas avenidas de engenharia privilegiada, culminando na chegada às margens da belíssima Praia da Ponta Negra.
Na largada, músicas de "Garantido e Caprichoso", folclóricos do Boi Bumba, as danças típicas... Uma energia contagiante e emocionante. É realmente incrível estar alí.
O kit no ano em que estive conta com camiseta lindona da prova e confesso que não lembro de mais detalhes (perdoem minha falha) e a retirada tinha uma feira bem estruturada de produtos. Neste ano de 2022 a prova passou a contar com apoio da Prefeitura, o que com certeza "deu um UP" em muitos sentidos.
A organização é cirúrgica e se você gosta de marcas, tem ainda medalha de top 100. Vale a pena apertar o passo, pois é lindíssima. Tive a honra de ganhar uma no ano em que participei.
Hotelaria: Manaus é um grande pólo e conta com hospedagens muito em conta e bem estruturadas, até as mais luxuosas, às margens da praia da Ponta Negra.
Passeios é o que não falta de opções: Há mergulhos com os Botos Cor de Rosa, Passeio e banho na praia da Ponta Negra, também recomendo assistir o por do sol neste lugar e ver o espetáculo no Rio Negro, visitar o Mercado Municipal e ver as embarcações que chegam e saem a todo tempo em destino as aldeias de todo Amazonas e se você tiver um tempinho a mais, ir conhecer alguma aldeia indígena e suas culturas.
Manaus é um sonho e nesta lista ocuparia facilmente o primeiro lugar para mim.
Em 2023 o percurso vai passar na Ponte sobre o Rio Negro e a organização promete uma largada fantástica!

 

SP CITY

E chegamos na última e não poderia ser diferente, temos de fechar na 4° maior metrópole do Mundo.
Estranhamente eu, morador da cidade de São Paulo, pasmem, NUNCA fiz a Maratona de São Paulo oficial.
Ao contrário disto, tenho 3 SP City no currículo, sendo a da primeira edição em 2016 não completada e depois 2017 e 2022.
A prova já nasceu grande. Com uma ação de marketing explosiva e com uma entrega perfeita, a prova ostenta luxo.
O kit é sempre bem recheado com brindes dos patrocinadores e com um valor de inscrição acessível.
A largada às 6h em pleno inverno e com um percurso predominante plaino, é uma ótima prova para tempo. É de lá minha atual melhor marca (02:49).
A largada é muito organizada por baias, jogo de luz, um verdadeiro espetáculo.
A prova larga em frente ao museu do Pacaembu e passa por locais como Centro histórico de São Paulo, av 23 de Maio, Parque do Ibirapuera, Jockey Club, a famosa USP e retorna ao Jockey Club, onde fecha a prova.
Há também o percurso de meia maratona, também muito indicada para quem busca uma prova linda e rápida.
Me recusaria a falar sobre a hotelaria de São Paulo. Aqui seu único problema será escolher entre tantas opções, mas, atento a um ponto, digo: Escolha regiões como Ibirapuera, Bela Vista, Paraíso... Mais a região da Zona Sul para hospedagem. Você vai me agradecer; acredite.
Sobre passeios é tão amplo que assusta. 😅
Te digo para não exagerar pois pode faltar pernas para o outro dia.
Visite a Paulista a noite, passeie  pela loucura da 25 de Março, Museu do Ipiranga, Parques... É tanta coisa que você terá de voltar outras vezes e, acredite, você vai querer voltar.

 

Assintam também nosso vídeo no Youtube

 

Na próxima edição do nosso blog vamos falar as 5 Maratonas para fazer na América do Sul vocês não podem perder.

(11) 2625-2999